quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Pescador com caiaque é rebocado por tubarão por mais de 1 km


Daredevil R. Kirkwood, de 51 anos, foi arrastado por um tubarão de 1,8 metro enquanto pescava de um caiaque na costa de Devon, na Inglaterra. O britânico capturou o animal, de 23 Kg, e acabou sendo arrastado por quase 1 Km pelo tubarão.




Em entrevista ao jornal “The Sun”, Kirkwood disse que estava sentado no caiaque há horas, sem uma mordida sequer. Até que ele sentiu um forte puxão e começou a recolher a linha, mas o tubarão arrastou o caiaque para longe. “Foi emocionante pegar algo tão grande, diferente de qualquer coisa que eu já havia capturado antes”, disse ele. .


Nesse final de semanas vamos fazer 1º Congresso Paulista de Caiaqueiros, não sei posso chamar assim !! Será próximo da cidade de Penápolis e contará com mais ou menos 13-14 caiaques ! Faremos 2 dias de pescaria no rio Tietê e espero que alguns de nós possa ser rebocado por alguns metros por um bom tucunaré !!

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Dia 22 de setembro: dia do rio Tietê


Hoje comemora-se o dia do Rio Tietê, mas não sei se é motivo de orgulho ou de vergonha. Muitos anos se passaram desde a implantação do Projeto Tietê, com altos investimentos para tentar controlar a poluiçao deste rio, pouca coisa mudou.

No interior de São Paulo, onde o rio se encontra limpo, algumas populações de peixes têm aumentado outras diminuído.  Os orgãos responsáveis têm realizado solturas anuais de milhões de alevinos, a polícia ambiental intensificado as fiscalizações, mas ainda tudo isso insuficiente.




O governo ainda não fez sua parte como deveria. Segundo notícias recentes, a calha do rio Tietê em São Paulo ficou quase 3 anos sem limpeza !!

Conforme dados coletados por um flutuador ao longo do rio Tietê, em alguns trechos a poluição até aumentou (como por exemplo entre Salto e Porto Feliz).

Ainda falta consciência ecológica da população, que joga no rio todos os tipos de lixos, inclusive móveis velhos e carcaças de veículos, etc.



Nossa parte, pescadores, estamos aquém do desejado !! A grande maioria mata peixe em quantidade exagerada, acima das cotas permitidas. Alguns utilizam apetrechos proibidos e matam de maneira indiscriminada. Ainda é insignificante a quantidade de pescadores esportivos que praticam o pesque e solte nas áreas piscosas do rio Tietê.


Durante toda esta semana estão ocorrendo mobilizações, exposições, ações de conscientização e diversos eventos festivos, como passeios de bicicleta, shows, oficinas infantis, solturas de alevinos e outros.


Apesar de tudo ! Parabens rio Tietê por sobreviver e nos dar alegrias !!!!

Termino esta postagem com algumas fotos de minha autoria feitas durantes minhas apaixonantes visitas a este rio, em Araçatuba:












Valeu !!!

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Foto incrível

O  corajoso parte 2






Foto de autoria desconhecida


quarta-feira, 14 de setembro de 2011

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Nova Barragem no rio Tietê pode inundar área protegida



O projeto de construção de duas barragens no Rio Tietê, entre as cidades de Salto e Tietê, na região de Sorocaba, no interior paulista, prevê a inundação do Parque das Monções, em Porto Feliz, local tombado pelo Conselho do Patrimônio Histórico, Artístico, Arqueológico e Turístico do Estado de São Paulo (Condephaat).


O pedido de estudos para as obras foi protocolado no Departamento de Análise de Impacto Ambiental (Daia), da Secretaria Estadual do Meio Ambiente. A Pequena Central Hidrelétrica (PCH) de Tietê vai inundar uma área equivalente a 980 campos de futebol  e fará as águas subirem até o paredão de Araritaguaba, encobrindo parte do monumento histórico. Desse local, no século 17, partiam as embarcações com os bandeirantes em direção às minas de Cuiabá.





A outra barragem, em Porto Feliz, inundará 1,2 mil hectares (equivalente a 1200 campos de futebol), atingindo a Área de Proteção Ambiental do Ribeirão Avecuia, um parque municipal. Juntas, as duas barragens formarão um lago de 9 quilômetros quadrados de superfície, igual ao que se forma na barragem da Hidrelétrica de Barra Bonita.


"Embora no nome sejam pequenas hidrelétricas, na prática o impacto delas é enorme", disse a ambientalista Maria Luiza Ribeiro Taborda, coordenadora da Rede das Águas da SOS Mata Atlântica.

As câmaras técnicas do Comitê de Bacia Hidrográfica do Sorocaba Médio-Tietê decidiram propor à Secretaria que as obras no Tietê passem por avaliação ambiental integrada. Atualmente, os impactos são avaliados por empreendimento. Também se decidiu por consenso a não aprovação de barragens no Médio Tietê Superior, entre Salto e Pirapora do Bom Jesus. Existem projetos de duas barragens nesse trecho, mas os ambientalistas entendem que os reservatórios mudarão a dinâmica das águas.

"As fortes corredeiras, que oxigenam o rio e reduzem a poluição, serão eliminadas", disse Maria Luiza. Os ambientalistas vão pedir ao governo estadual o tombamento desse trecho do rio, por seu valor histórico, cultural e cênico. 


Fonte:

http://www.jornalacidade.com.br/editorias/brasil-e-mundo/2011/09/05/barragem-no-rio-tiete-pode-inundar-area-tombada.html

quinta-feira, 1 de setembro de 2011