segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Alckmin libera R$ 24 milhões para desassorear rio Tietê


O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, anunciou hoje e destinação de R$ 24 milhões ao Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAEE), através da assinatura de um decreto, logo após a primeira reunião de todo o seu secretariado. Os recursos serão usados para a retirada de até 1 milhão de metros cúbicos de resíduos da calha do rio Tietê. O governador explicou que a meta do governo é retirar, em dois anos, todo o material assoreado do rio.

Segundo Alckmin, parte dos recursos assoreados, em torno de 60%, serão reaproveitados pelo governo estadual na construção civil. "Uma grande parte do material assoreado é de areia que poderá ser utilizada na construção, reduzindo os custos da gestão pública", disse. Alckmin anunciou ainda que o decreto autorizou a DAEE a fazer licitação do projeto de desassoreamento.




Nenhum comentário:

Postar um comentário