sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Começa terceira etapa do Projeto Tietê



O governador Alberto Goldman e a secretária estadual de Saneamento e Energia, Dilma Pena, assinaram esta semana a autorização para o início das obras da terceira etapa do Projeto Tietê.

As obras vão beneficiar São Paulo e outros 20 municípios, e devem estar concluídas em 2015. O custo total dessa etapa será de US$ 1 bilhão.

Quando essa etapa estiver concluída, o índice de coleta de esgoto passará de 85% para 87%. O índice de tratamento vai aumentar de forma significativa, de 72% para 84%.

Com as obras, 1,5 milhão de pessoas vão passar a contar com a coleta, e mais de 3 milhões passarão a ter tratamento. No começo do projeto, em 1992 o índice de coleta de esgotos era de 70% e o de tratamento era de 24%.

O projeto prevê a construção de 580 km de coletores-tronco e interceptores, 1,2 mil km de redes coletoras e cerca de 200 mil novas ligações domiciliares.

A capacidade de tratamento das estações aumentará 41%. A terceira etapa tem como foco a bacia hidrográfica do Alto Tietê. A quarta e última fase do projeto deve terminar em 2020.
 
 
 
 
 
Projeto Tietê


O Projeto de Despoluição do Rio Tietê teve início da década de 90, com o objetivo de diminuir o lançamento de carga poluidora, oriunda da atividade urbana na Região Metropolitana de São Paulo, nos rios da bacia hidrográfica do Rio Tietê.

No período de 1992 a 2008 foram executadas as etapas I e II do programa, com investimentos de cerca de US$ 1,6 bilhão.

Fonte: http://www.band.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário