quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Bom exemplo: Juiz dá mandado de busca e PMA prende pescador com peixe e redes de pesca ilegais


Publicado em 01 de setembro de 2010 em www.jornaldiadia.com.br


Policiais Militares Ambientais de Aquidauana recebiam denúncia constantemente de que um pescador residente em um local denominado Ilha dos Pescadores vinha praticando pesca predatória. Os policiais tentaram surpreender o elemento no momento da pesca, porém, não foi possível. Então, eles conseguiram o nome completo e o endereço do pescador e solicitaram ao juiz um mandado de busca e apreensão, visto que denúncias indicavam que o elemento teria peixe e petrecho ilegal de pesca em sua residência.


Ontem, às 17h30min, a Polícia Militar Ambiental (PMA) foi a residência de ANTÔNIO NILTON SAMPAIO, com um mandado de busca expedido pelo juiz da comarca, confirmaram as denúncias e apreenderam 15 kg de pescado, todos com marcas de captura com redes de pesca. Além disso, havia vários exemplares de peixes em tamanhos inferiores ao permitido pela legislação. Foram apreendidas também 03 redes de pesca, perfazendo 200 metros e uma tarrafa.



Diante do crime, foi dada voz de prisão ao pescador, que foi conduzido, juntamente com o material apreendido, à delegacia de polícia civil de Aquidauana, onde ele foi autuado em flagrante pelo crime ambiental de pesca predatória e saiu após pagamento de fiança. Se condenado, poderá pegar pena de 01 a 03 anos de detenção. Os policias ainda efetuaram um auto de infração administrativo e aplicaram multa no valor de R$ 1.000,00 contra o autuado.

A PMA manterá este pescador sob vigilância, no intuito de evitar que ele volte a praticar pesca predatória.

Vamos adotar esse fato como exemplo, denunciar e cobrar !!

Também ontem em Aquidauana, a PMA em fiscalização no rio Aquidauana, ontem à tarde, depararam com 2 pescadores em uma embarcação conferindo redes de pesca (petrecho proibido) que haviam armado.




Ao avistar a fiscalização os elementos pularam no rio e nadaram até à margem na tentativa de fugir, porém, os policiais conseguiram prender Glaydson Celso Almeida Brandão, residente em Aquidauana. Foram apreendidos 7 kg de pescado que os elementos já tinham retirado das redes e 1 rede de pesca.



Diante do crime, foi dada voz de prisão ao pescador, que foi conduzido, juntamente com o material apreendido, à delegacia de polícia civil de Aquidauana, onde ele foi autuado em flagrante pelo crime ambiental de pesca predatória. Se condenado, poderá pegar pena de 1 a 3 anos de detenção. Os policias ainda efetuaram um auto de infração administrativo e aplicaram multa no valor de R$ 840,00 contra cada um dos autuados.

Parabéns a PMA de Mato Grosso do Sul !!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário