sexta-feira, 30 de julho de 2010

Vídeo - ataques de tucunarés (explodidas na superfície)

Um dos melhores vídeos que vi de ataques dos tucunarés nas iscas de superfície (em câmera lenta) !! Uma sequência incrível que motiva o pescador de tucunaré !

A maioria conhece esse vídeo mas como não me canso de assistir resolvi postá-lo aqui para dividir essa emoção com as pessoas que acompanham este blog !!

quinta-feira, 29 de julho de 2010

Perna encontrada no rio Tietê

É lamentável, mas é verdade. Nosso rio Tietê, lindo e piscoso também é vítima de desova de cadáveres.



Noticiado hoje g1.globo.com que no dia 03 de Julho foi encontrada no rio Tietê, em Botucatu, uma perna esquerda com esmalte cor de rosa. A perna será submetida a um exame de DNA para que o seu material genético seja comparado com o de Eliza Samudio, ex-amante do goleiro Bruno, que está desaparecida desde junho. De acordo com o delegado titular Celso Olindo, da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Botucatu, a análise será feita no Instituto de Criminalística da capital paulista.



É uma notícia que eu não gostaria de estar passando aqui, mas infelizmente é a realidade. Espero não fisgar um braço nas minhas pescarias !!

segunda-feira, 26 de julho de 2010

Pescaria do final de semana - 24 de julho 2010



Este final de semana fui para o rancho, a vontade era enorme pois além de testar os novos apetrechos comprados no Paraguai eu vinha de uma semana bem puxada.

O sábado amanheceu com uma ventania lascada (mais de 15 km/h), e estava quase impossível de pescar. No rio Tietê as ondas davam medo !!

Pela manhã entrou apenas 1 tucunaré e bem pequeno. Voltou pra água e não saiu na foto pois na hora a máquina estava sem bateria.

Na parte da tarde fui tentar outra vez, agora o vento tinha dado trégua. Era só a água gelada.

3 pequenos tucunas entraram, e bem pequenos também.









Agora a esperança fica no mês de agosto ! Deve melhorar !!


Apesar da pescaria pouco produtiva, fiz minha parte...
Estava pinchando quando vi 5 rapazes armando rede, amadores, criminosos !! Como estava com o celular no barco, liguei para o 190 e peguei o telefone da Polícia Ambiental de Araçatuba.



NUMERO DA POLÍCIA AMBIENTAL (Araçatuba): 18 3622-1250

Liguei e fiz a denúncia, além de explicar detalhadamente o local e o carro dos rapazes(que estava na beira do rio). Me disseram que estavam enviando uma viatura ao local. Infelizmente não fiquei olhando o resultado, mas espero que tenham realmente vindo conferir.
Sempre tenham nos contatos do celular o número do telefone da Polícia Ambiental da sua região.

quinta-feira, 22 de julho de 2010

Acidente com baleia e embarcação

Noticiado ontem (21/07/2010) no G1.com e no jornal inglês The Sun:

Era para ser apenas um passeio em dia ensolarado. Mas Ralph Mothes, de 59 anos, e Paloma Werner, de 50, tiveram sorte de escapar com vida.
O casal estava navegando pela costa da Cidade do Cabo (África do Sul) quando, de repente, uma baleia de 40 toneladas saltou da água e atingiu em cheio o iate de dez metros. O local é proibido para navegação devido a presença frequente das baleias.





Além de terem escapado do acidente, outro fato importante é que a baleia também sobreviveu.





Acidente semelhante ocorreu com um caiaque, quando uma orca saltou sobre o caiaque, tudo sendo registrado por uma câmera. Embora exista a suspeita desse vídeo ser uma fraude, posto aqui para compartilhar com vocês.





Este é outro vídeo, incrivelmente real e impressionante !! A filmagem ocorreu durante uma pescaria em Sergipe, em 2008. Não foi um acidente, teve até um carinho na baleia, mas poderia ter acontecido um acidente ! Cuidado !




Ahhh estava esquecendo...nesse final de semana estou indo pescar e testar umas iscas artificiais ! Semana que vem conto para vocês !

segunda-feira, 19 de julho de 2010

Vídeo - Casal de tucunarés cuidando dos filhotes

Será que depois desse vídeo os pescadores irão praticar mais o pesque e solte ??
O que será que aconteceria com esses filhotes se o casal fosse capturado ?

Vídeo realizado em Ilha Solteira, Rio Paraná.

quinta-feira, 15 de julho de 2010

EXPOPESCA 2010 - São José do Rio Preto


Este ano estreiará no Estado de São Paulo a melhor feira de pesca do Brasil, a Expopesca.
A feira ocorre tradicionalmente em Minas Gerais (Belo Horizonte), na 13ª edição, em Goiás (Goiânia)e Distrito Federal, na 4ª edição, mas é a primeira vez em nosso estado, e para a sorte dos moradores no Noroeste paulista, a sede vai ser em São José do Rio Preto, e vai ocorrer de 11 a 15 de agosto.



A EXPOPESCA é a maior feira de pesca, náutica, turismo e lazer, levando a todos os últimos lançamentos em material de pesca, novidades em mergulho, camping e náutica, bem como o cuidado com o meio ambiente, patrocinando as Oficinas de Pesca Infantil, o gosto pelo pesque e solte e pesca esportiva.





Serão 2.000 m² de stands em um espaço de aproximadamente 3.000m, com a participação de 90 expositores, sendo as principais lojas de pesca de São José do Rio Preto, fabricantes e distribuidores do resto do país, com vendas no atacado e varejo, propiciando uma gama de variados produtos para pescadores, turistas, agentes de viagens, atletas náuticos e outros consumidores.
Agências de turismo, pousadas e hotéis do Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Amazônia, Rondônia, Guaporé, Argentina e Paraguai estarão presentes divulgando seu potencial de pesca esportiva e pacotes de pesca.







O local escolhido para a realização da EXPOPESCA, é o mais privilegiado e movimentado de São José do Rio Preto: Riopreto Shopping Center, com amplo estacionamento e praça de alimentação diversificada.



Eu vou !! Vou conferir e mostrar pra vocês !

domingo, 11 de julho de 2010

Artigos de pesca no Paraguai

Neste final de semana não fui pescar e já estou morrendo de vontade de ir, no entanto fui ao paraíso das muambas e também com bons preços de artigos de pesca.
Saímos de Araçatuba na sexta-feira 3:30 da manhã, rumo a Ponta Porã, mais especificamente Pedro Juan Caballero, 725 km de distância. Foram 8h e 30 min de viagem e mais uma maratona lá para conseguir hotel, pois a cidade estava lotada, e depois de tentar praticamente todos os hotéis do lado do Brasil, tivemos que arrumar um hotel do lado paraguaio, mas até que não era ruim.

Desta vez eu não tinha muita coisa para comprar, mas já é muito divertido tudo aquilo.
O destino principal da maioria das pessoas que vão às compras em Pedro Juan têm destino o Shopping China, onde podemos encontrar quase tudo, com bons preços, artigos de qualidade e uma enorme praça de alimentação.





A parte de artigos de pesca, a qual eu gasto parte do tempo têm uma grande variedade de varas, molinetes, carretilhas, anzóis, linhas, coletes, caixas de pesca e ainda porta-varas, motores elétricos, iscas artificiais. Confesso que eu achei o setor de iscas artificiais bem fraco, mas o forte lá não é a variedade mesmo, e sim o preço !!
Tirei algumas fotos, porém com o celular e a qualidade não ficou muito boa e também não dá para ter a noção de tudo aquilo.















No centro da cidade há uma loja muito boa de pesca, a Ten Caten, com muita variedade de iscas artificiais além de quase tudo em se tratando de pesca e náutica.

www.tencaten.net






















Eu não tinha muita coisa para comprar, mas é difícil resistir, então comprei algumas iscas artificiais que eu planejava ter, linha multifilamento, leader de fluorcarbono, vara de carretilha e um par de fitas com catraca para fixação do caiaque que eu pretendo comprar rsrs

Iscas que eu comprei:

SPINNER BAIT SUMAX


SUPER JIG SUMAX


SPINNER LASER DE 6g DA MARINE SPORTS


SAMMY MINNOW (SUMAX) - Meia água floating 7 cm e 4g
INNA PRO TUNED 70 (MARINE SPORTS) - Meia água, 7 cm e 10g


Linha multifilamento Sumax Scorpion 0,27 mm 150 metros


Leader fluorcarbono Sumax 0,40 mm


E ainda uma Vara para carretilha Sumax MASTERBASS 8-17 LB chic demais, que ainda não fotografei.

PREÇOS EM DÓLARES:

Spinner bait Sumax: $ 5,00
Super Jig Sumax: $ 3,70
Spinner Laser MS: $ 2,00
Isca Sammy Minnow Sumax: $ 2,50
Isca Inna Pro tuned 70: $ 3,60
Linha Multifilamento Sumax Scorpion 150m 0,27 mm: $ 22,00

domingo, 4 de julho de 2010

Conhecendo as iscas artificiais



Temos disponíveis hoje no mercado diversos tipos de iscas artificiais, para pescarias diversas e com trabalhos diferentes de cada isca na água.

O pescador terá que produzir o movimento dando vida a um objeto que pode ser de madeira, plástico ou metal.Os peixes que estiverem perto da isca poderão morder a mesma pelas mais diversas razões. O movimento de uma isca artificial pode provocar inúmeras reações nos peixes: proteger os filhotes, ou mesmo atacar um peixe invasor...



Outros fatores também devem ser levados em consideração na utilização da isca artificial como local onde o pescador irá arremessar a isca. Peixes predadores, por exemplo, preferem caçar em locais com galhos, troncos ou pedras dos quais faz seu esconderijo.

As iscas artificiais possuem tipos de trabalho diferentes, e profundidades diferentes.


ISCAS DE SUPERFÍCIE

Trabalham na superfície da agua e até 30 cm de profundidade (subsuperfície). São as mais emocionantes, porque além de sentirmos o ataque do peixe podemos visualizar a explosão na água. Podem ser de vários tipos:

Stick - quando paradas ficam na posição vertical ou inclinada, e quando em movimento ela faz movimentos em subsuperfície (mergulhos intermitentes) que imitam o peixe ferido.


Popper - possui uma cabeça chanfrada(côncava), semelhante a uma boca e com o trabalho de ponta de vara dando pequenos toques, a cabeça chanfrada espalha a água e faz barulho.


Hélices - iscas com hélices que acabam causando turbulência na água e fazendo barulho, atraindo os peixes, imitando insetos ou peixes em fuga.


Zara - iscas que quando trabalhadas adequadamente (toques simultâneos com recolhimento) faz movimentos em zig-zag, também simulando peixes feridos.


Minnow Floating - iscas sem barbela, que flutuam, podendo ser de superfície e subsuperfície, de movimentos variados, dependente da habilidade do pescador. Funciona bem quando reproduz movimentos erráticos.


Buzz bait - movimento contínuos em superfície, com uma espécie de hélice que faz barulho e um penacho (cerdas ou filamentos) que fica dentro da água.


ISCAS DE MEIA-ÁGUA

Iscas com barbela curta - nadam continuamente em profundidade média.


Plugs suspending - com peso específico muito próximo ao da água, que faz com que, quando em repouso, permaneçam praticamente estáticas na profundidade que estão.


ISCAS DE FUNDO

Iscas com barbela longa - nadam continuamente no mais profundamente, de acordo com o comprimento da barbela. Podem chegar a 4-5 metros de profundidade, são muito utilizadas na pesca de corrico.


Jumping jigs - são iscas de metal que procuram imitar pequenos peixes. Devem ser trabalhadas com toques curtos e/ou longos de ponta de vara, procurando com isso imitar uma possível presa se debatendo ou tentando fugir.


COLHERES, ESPINNERS, JIGS, SHADS E SAPOS

Colheres - têm um formato côncavo, semelhante a uma colher, e quando tracionadas executam um movimento oscilante que é um forte atrativo para os peixes predadores. São usadas num movimento de recolhimento contínuo. Algumas colheres têm um dispositivo anti-enrosco, que facilita seu uso no meio de pauleiras e vegetação aquática.


Spinners - são iscas formadas por um pequeno corpo metálico atravessado por um arame de aço rígido, tendo numa extremidade a garatéia ou anzol, e na parte superior uma folha metálica que gira quando a isca é puxada, causando reflexos e turbulência na água.


Spinners bait - são espinners com cerdas ou filamentos presos à garatéia, aumentando a atratividade da isca. São utilizadas num movimento contínuo de recolhimento.



Jigs
- têm uma cabeça ou corpo de metal presa ao anzol e uma “saia” de penas ou de fios sintéticos, cujo movimento é a atração que provoca os ataques dos peixes. Alguns têm dispositivos anti-enrosco.


Shad - é uma isca artificial em formato de peixes fabricada em materiais flexíveis e macios como silicone e borracha.


SAPOS - recomendados para pesca em locais de vegetação aquática abundante ou com obstaculos como galhos, troncos, pedras, etc. No entanto, podem ser utilizadas nas mais diversas situações de pesca. Muito utilizado na pesca de traíras.


Moscas - utilizadas na pesca com fly.


Ainda existem muitas outras, dentre elas camarões artificiais, miçangas (muito utilizadas em pesqueiros) e outras.

No site pessoal do Nelson Nakamura existe um tópico sobre iscas artificiais que mostra animações de diversas iscas artificias trabalhando.

www.nelsonnakamura.com.br



No youtube também é possível encontrar vídeos de como trabalhar cada tipo de isca.

quinta-feira, 1 de julho de 2010

Novas regras para Licença de Pesca Amadora



Com a promulgação da Lei 11.959, de 29 de junho de 2009 a concessão da Licença da Pesca Amadora, antes do IBAMA, passou a ser de competência do Ministério da Pesca e Aquicultura – MPA. O serviço agora está disponível on line.

NOVIDADES

• A Licença provisória terá validade agora de 30 dias a partir do pagamento do boleto bancário e não mais de 10 dias como antes era no IBAMA.

•Após o recebimento da Licença definitiva, não será mais necessário estar de posse do boleto bancário, pois a data de pagamento estará incluída na própria Licença bastando apenas apresentá-la juntamente com um documento de identificação quando solicitada pela fiscalização.

INFORMAÇÕES IMPORTANTES

•Até a meia noite do dia 15 de junho de 2010 as Licenças temporárias da Pesca Amadora poderão ser obtidas por meio do sítio do IBAMA, sendo que as definitivas (remanescentes), solicitadas até esta data, poderão ser emitidas até 30 de junho de 2010.

•A Licença para Pesca Amadora do MPA é válida em todo território nacional e, uma vez licenciado, o pescador pode pescar em qualquer região do país, não havendo necessidade de pagamento da licença estadual. No entanto, as normas estaduais devem ser respeitadas quando forem mais restritivas do que a norma federal. O limite de cota de captura e transporte federal de pescado por pescador é de 10 kg mais um exemplar para águas continentais e 15 kg mais um exemplar para águas marinhas e estuarinas.

•A licença de pesca amadora é individual, portanto o boleto, após impresso, somente pode ser pago uma única vez.

•A licença provisória apenas terá validade mediante a apresentação do comprovante de pagamento bancário.

•Não é preciso tirar duas ou mais licenças, a categoria C cobre a categoria B e a categoria B cobre a categoria A, porém a licença para pesca subaquática - categoria C- é recomendada somente para quem pratica a pesca subaquática (de mergulho).


Para realizar o cadastro de Pescador Amador on-line, são necessários 4 passos:

1. Preencha os dados solicitados que serão utilizados na confecção de sua Licença, não há a possibilidade de posterior alteração, portanto o faça com atenção.

2. Após o preenchimento o sistema irá gerar uma tela de confirmação. Confira seus dados e clique em Confirmar;

3. Na sequência, o sistema irá gerar o número de protocolo da solicitação e uma opção para impressão da GRU Cobrança. Anote, guarde ou imprima (clicando na opção imprimir) o seu Protocolo e em seguida clique na opção de gerar GRU Cobrança.

4. Após efetuar o pagamento do boleto, retorne a esta página e clique aqui para acessar a área de confirmação. Tenha em mãos o seu CPF/Passaporte (caso de estrangeiros) e Protocolo. Desta vez clique em Gerar Licença. Lembre-se: somente é liberada a opção de Gerar Licença após decorridos no mínimo 10 dias úteis do pagamento da GRU Cobrança.

Site do Ministério da Pesca e Aquicultura: http://www.mpa.gov.br


Novas novidades, vou postando conforme irão surgindo.