segunda-feira, 3 de maio de 2010

Pescaria no Rio Tietê - 01 de maio 2010

O final de semana de folga tão esperado chegou !! Claro, na véspera, quase não dormi de ansiedade ! rsrsrs

Fomos eu e o Mauro, colega de trabalho, que trabalha com auxiliar de enfermagem e técnico do banco de sangue do hospital.

Saímos bem cedo, e com uma paradinha para comprar lambaris, chegamos no rio já estava de dia.




Rumo ao Tietê, ainda demos uma paradinha para capturar uns camarões para isca. Então, levamos camarões, lambaris e milho azedo de isca.
Dessa vez, a foto do milho azedo, utilizado na ceva para piaus e como isca.



Chegamos, ventava um pouco, mas aos poucos os primeiros peixes foram aparecendo.
















O tamanho dos peixes foi aumentando.


















Na parte da tarde, os piaus foram aparecendo.







Alguns pacus também sentiram o cheiro da ceva, e apareceram para nos divertir mais um pouco. Todos eles foram soltos, pois além de estarem fora de medida, está proibida a pesca do pacu no rio Tietê, ou melhor em todos os rios da bacia do Rio Paraná.














Ponto negativo da pescaria: perdi duas das minhas melhores iscas artificiais (XRAP 10, lele borboleta).

Outro dia posto um vídeo legal de um dublê de tucunarés e conto como foi a pescaria do domingo, dia 02.

2 comentários:

  1. eita pescadooooooooo

    estes peixinhos tenho no meu aquário qua qua qua qua...

    abraços!!! aki no sul temos outros tipos de peixes.... congelados!!!!!!
    auauauauaua

    Fabricio Moreno

    ResponderExcluir
  2. Fabrício deixa de ser tonto....cada região existe um tipo e tamanho diferente de peixe... se vc não sabe o tiete que pescamos é o mesmo que passa em São paulo.. todo poluído e sem vida.... a qui não.... mas se quiser pegar tucunarés coisa que ai no sul deve ser raro... vem pra cá.. te levo perto de minas gerais e ai vc vai ver o que é pegar tucunarés...

    ResponderExcluir